Fui Corno do Meu Inimigo:

SOU CASADO COM UMA BELA MULHER, SEIOS GRANDES E BEM DUROS COXAS GROSSAS E BUBUM BEM ARREBITADO, ESTAMOS JUNTOS A OITO ANOS, MORAMOS EM UMA BELA CASA NAO TEMOS FILHOS POIS EU SOU ESTERIO.

MORAMOS EM UMA RUA ONDE OS CARROS ESTACIONAM NOS DOIS LADO DEIXANDO APENAS PASSAGEM PARA UM VEICULO, O QUE SEMPRE GERA CONFUSAO POIS AS VEZES ALGUM IDIOTA ESTACIONA NA FRENTE DA SUA GARAGEM IMPOSSIBILITANDO DE SAIRMOS.

JA TIVE VARIAS DISCUSSOES COM ALGUMAS PESSOAS, MAIS TEM UM CARA QUE EU SIMPLESMENTE ODEIO, NAO SO PELO FATO DE FICAR PARANDO O CARRO EM FRENTE AS GARAGENS COMO TAMBEM, POR VAIRAS VEZES TER VISTO ELE SE INSINUAR PARA A MINHA MULHER. SEI QUE A MINHA ESPOSA CHAMA A ATENÇAO POR TER UM CORPAO BONITO E SEMPRE ESTAR USANDO ROUPAS CURTAS, ELA FOI CRIADA ASSIM E EU NAO TENHO PROBLEMAS COM ISSO, CONFESSO QUE SOU ATE UM POUCO VOYER, ADORA VE-LA SE EXIBINDO E SENDO DESEJADA POR OUTROS HOMENS ISSO SEMPRE ME DEIXOU EXITADO, JA POR VARIAS VEZES FANTASIEI A SITUAÇAO DE SER TRAIDO POR ELA, MAIS COM CERTESA ISSO NUNCA ACONTECEU POIS ELA E BEM SERIA, E ME RESPEITA.

O QUE ACONTECEU EU JAMAIS PODERIA IMAGINAR, ESSE IDIOTA DE NOME SERGIO, VIVIA DE GRACINHA PARA CIMA DELA EU JA POR ALGUMAS VEZES QUASE CHEGUEI AS VIAS DE FATO COM ELE, NAO POR ISSO MAIS POR PROBLEMAS DE ESTACIONAMENTO NA RUA, SEMPRE NA FRENTE DA MINHA GARAGEM, ACHO QUE ELE FAZIA DE PROPOSITO, MAIS O FATO E QUE ELE E BEM GRANDAO E FORTE E SINCERAMENTE EU SEMPRE QUANDO DISCUTIA COM ELE, MEIO QUE BOTAVA O GALHO DENTRO, MINHA MULHER SEMPRE COLOCANDO PANOS QUENTES, ME PEDINDO CALMA, FALAVA QUE ELE ERA UM IDIOTA QUE EU NAO ME SUJEITASSE, MAIS EU NAO PODIA DEIXAR ELA DESCONFIAR QUE EU NA VERDADE TINHA MEDO DELE. MAIS ELE PARECE QUE SABIA DISSO, E SEMPRE ESTAVA ME ATAZANANDO, QUANDO ESTAVA COM SEUS AMIGOS PASSAVA PERTO DE MIM E FALAVA OLHA O OTARIO AI, OU ENTAO OLHA O MARIDO DA GOSTOSA, EU SEMPRE DISFARÇAVA E FINGIA NAO OUVIR, MORRIA DE MEDO DA MINHA MULHER ESCUTAR ELE FALANDO ISSO, EU REALMENTE TENHO MUITO ODIO DESSE SUJEITO.

CERTO DIA VINHA CHEGANDO EM CASA E AO ME APROXIMAR PUDE VER ESSE SUJEITO DISCUTINDO COM A MINHA MULHER NO MEU PORTAO, CERTAMENTE PORQUE O CARRO DELE ESTAVA ESTACIONADO NA FRENTE E ELA DEVE TER RECLAMADO, PAREI UM POUCO DISTANTE POIS A DISCUSSAO ERA FEIA, NAO TINHA NINGUEM NA RUA VENDO,SO QUE EU TRAVEI NAO CONSEGUIA ANDAR, NA VERDADE FIQUEI COM MEDO DELE, CERTAMENTE SE ME APROXIMO IRIAMOS BRIGAR E EU IRIA APANHAR COM CERTESA NA FRENTE DA MINHA MULHER, COVARDEMENTE ME ESCONDI ATRS DE UMA ARVORE E FIQUEI ESPERANDO, FOI ENTAO QUE VI O SERGIO DANDO A MAIOR BOFETADA NA CARA DA MINHA MULHER, ELE FEZ ISSO E EMPURROU ELA PARA DENTRO DA NOSSA CASA, AGARROU ELA PELOS BRAÇOS E FOI LEVANDO ELA PARA DENTRO, EU ESTAVA DESESPERADO NAO SABIA O QUE FAZER, CONSEGUI ME MOVER E FUI EM DIREÇAO A ELES, QUANDO CHEGUEI NO MEU PORTAO ELES JA ESTAVAM DENTRO DE CASA PODIA OUVIR O ESTALAR DOS TAPAS QUE ELE DAVA NELA, ENTAO EM SILENCIO PEGUEI UM PORRETE E ENTREI PELA COZINHA, FUI ME APROXIMANDO BEM DEVAGAR, QUANDO CHEGUEI NO CORREDOR PERTO DA SALA, OUVI O SERGIO FALANDO ALTO, CHUPA SUA VADIA, SE GRITAR EU TE ENFORCO , ANDA CHUPA LOGO.

ENTREI EM DESESPERO, ENTAO ME APROXIMEI E VI AQUELA SENA, MINHA ESPOSA ESTAVA SENTADA NO SOFA, CHORANDO COM A CARA MUITOP VERMELHA DOS TAPAS QUE TINHA LEVADO, ESTAVA SEM CAMISA COM OS SEIOS DE FORA, E APENAS COM A SAIA VESTIDA. O SERGIO ESTAVA EM PE NA SUA FRENTE, COM A CALÇA ARRIADA E O PAU ENFIADO DENTRO DA BOCA DA MINHA MULHER, ELE BOMBAVA E FALAVA ENGOLE SUA PUTA SE NAO VAI APANHAR.

FIQUEI ALI PARADO NAO CONSEGUIA TOMAR ATITUDE ENTAO ELE PUCHOU O CELULAR E COMESSOU A FILMAE A MINHA MULHER COM O SEU PAU DENTRO DA BOCA , MANDOU ELA FICAR CALADA E SOMENTE CHUPAR. FIQUEI ALI EM SILENCIO DURANTE UNS DEZ MINUTOS TEMPO SUFICIENTE PARA QUE ELE GOZASSE DENTRO DA SUA BOCA E NA SUA CARA, ELE FILMOU TUDO E FALOU PARA ELE, QUE SE ELA ABRIR O BICO ELE IRIA MOSTRAR O VIDEO PARA TODO O BAIRRO INCLUSIVE PARA O CORNINHO SE REFERINDO A MIM.

QUANDO EU ME DEI CONTA PERCEBI QUE EU ESTAVA EXITADO VENDO AQUILO TUDO, ENTAO BEM DEVAGARINHO SAI DE CASA EM SILENCIO PARA ELE NAO ME ESCUTAR, FUI NOVAMENTE PARA A RUA E FIQUEI VAGANDO POR MAIS OU MENOS UMA HORA, IMAGINADO O QUE ELE ESTARIA FAZENDO COM A MINHA MULHER AGORA.

FUI CORNO DO MEU INIMIGO (CONTINUAÇAO).

APÓS, VAGAR PELA RUA, IMAGINANDO MIL COISAS, NÃO ESTAVA ENTENDENDO O QUE ACONTECIA COMIGO, TEMIA PELA MINHA MULHER MAIS AO MESMO TEMPO ESTAVA MUITO

EXITADO IMAGINANDO O QUE O SERGIO ESTAVA FAZENDO COM ELA, NÃO TENHO NENHUMA DUVIDA QUE DEPOIS DE GOZAR DENTRO DA SUA BOCA E NA SUA CARA ELE DEVE TER TREPADO COM ELA, FIQUEI IMAGINANDO A SENA, POREM TAMBEM IMAGINAVA QUE ELE PODERIA ESTAR MACHUCANDO ELE , AFINAL AQUELE IDIOTA ERA CAPAZ DE TUDO.

RESOLVI VOLTAR, JÁ SE PASSARA UMA HORA QUE EU TINHA SAIDO, FUI BEM CABREIRO ME ESCONDENDO PELOS CANTOS DAS CALÇADAS COM MEDO DE ENCONTRA-LO, QUANDO CHEGUEI PROXIMO DE CASA O CARRO DELE NÃO ESTAVA MAIS NA FRENTE DA GARAGEM ENTAO SENTI UM CERTO ALIVIO, ABRI O PORTAO ENTREI BEM DEVAGAR PARA NÃO FAZER BARULHO E ME CERTIFICAR QUE ELE NÃO ESTIVESE MAIS LA. DERREPENTE ME DEU UM ESTALO, E SE A MINHA MULHER ESTIVESSE NUA OU SUJA COMO EU IRIA FAZER, ENTAO VOLTEI PARA A RUA E LIGUEI PARA O CELULAR DELA, QUANDO ELA ATENDEU ME DEU UM ALIVIO, FALEI PARA ELA QUE ESTAVA CHEGANDO SE ELA QUERIA QUE EU LEVASSE PAO, COMO DESCULPA, ENTAO SENTI QUE A VOZ DELA ESTAVA UM POUCO ALTERADA MAIS MESMO ASSIM ELA FALOU QUE NÃO PRECISAVA, FOI A DIEXA QUE EU QUERIA, CORRI PARA CASA NOVAMENTE E AO ENTRAR ELA ESTAVA NO BANHEIRO TOMANDO BANHO, ENTAO PENSEI DEVE ESTAR SE LAVANDO AGORA POIS ATENDERA O TELEFONE A POUCOS MINUTOS, ENTAO ABRI A PORTA DO BANHEIRO ELA ESTAVA NO BOX FALEI QUE TINHA CHEGADO E ELA ME RESPONDEU OK.

FIQUEI ANSIOSO NÃO SABIA COMO ENCARA-LA E NEM SABIA COMO ELA IRIA ME FALAR,

ENTAO ELA SAIU DO BANHEIRO ENROLADA NA TOALHA MAIS COM UMA NOVIDADE QUE AINDA NÃO TINHA VISTO, SO DEPOIS ME TOQUEI O PORQUE, ELA ESTAVA COM O ROSTO TODO BRANCO DE CREME PARECIA UMA MASCARA, ENTAO PERGUNTEI EU, O QUE E ISSO? E ELA ME FALOU QUE ERA PARA HIDRATAR, MAIS SEI QUE NA VERDADE ERA PARA EU NÃO VER O SEU ROSTO VERMELHO DOS TAPOES NA CARA QUE ELA LEVOU.

TENTEI PUCHAR ASSUNTO MAIS ELA LOGO FOI PARA O QUARTO NÃO QUERIA FALAR MUITO, ESTAVA NERVOSA, ENTAO TENTEI AGIR O MAIS NORMAL POSSIVEL. FUI COMER ALGUMA COISA E PERGUNTEI SE ELA NÃO VIRIA ELA ENTAO DISSE QUE NÃO POIS ESTAVA COM DOR DE CABEÇA E QUE IRIA DESCANÇAR.

FUI TOMAR BANHO COM A CABEÇA A MIL, ANTES OLHEI NA SALA , E NO CORREDOR PARA VER SE ACHAVA ALGUM VESTIGIO MAIS NÃO ACHEI NADA, NO BANHEIRO SENTEI NO VASO E QUANDO TERMINEI E ME LIMPEI ABRI A TAMPA DA LIXEIRA O MEU CORAÇAO QUASE PAROU, ME DEPAREI COM VARIOS BOLOS DE PAPEL HIGIENICO, METI A MAO E PEGUEI PARA CONFERIR, ESTAVA TUDO ENSOPADO DE PORRA, ELES TREPARAM COM CERTESA AGORA EU SABIA QUE O SERGIO FIRARA METENDO COM A MINHA MULHER DURANTE O TEMPO EM QUE EU ESTAVA NA RUA, O PENSAMENTO AGORA E , SERA QUE ELA VAI ME FALAR? FIQUEI DESESPERADO, ME PERGUNTANDO SE ELA FALAR O QUE FAREI? ESTAVA NERVOSO, POREM MUITO EXITADO IMAGINANDO A MINHA ESPOSINHA GOSTOSA GEMENDO NA ROLA DAQUELE SAFADO, ME PEGUEI DE OAU DURO ENTAO SEM CONTROLE ME MASTURBEI E QUASE DESFALECI DE TANTO QUE GOZEI.

FUI PARA O QUARTO DEITAR, ENCOSTEI NELA, ELA ESTAVA ACORDADA, POREM FINGIA ESTAR DORMINDO, NÃO A IMCOMODEI ESTAVA COM MEDO DO QUE ELA IRIA ME FALAR.

JÁ ERAM QUASE ONZE HORAS DA NOITE ACORDEI COM SEDE E NÃO ACHEI A MINHA MIULHER NA CAMA, FUI ATE A COZINHA BEBI AGUA E A ENCONTREI NA SALA VENDO TV, SENTEI DO LADO DELA E PERGUNTEI NÃO VEM DORMIR, ELA ENTAO ME FALOU QUE AGORA NÃO POIS TINHA PERDIDO O SONO E FALOU QUE EU FOSSE DESCANÇAR, ENTAO PRCEBI QUE ELA NÃO ME FALARIA NADA, ERA CLARO QUE ERA POR CAUSA DO VIDEO QUE ELE FIZERA DELA MAMANDO A SUA PICA E TAMBEM CERTAMENTE DEVE TER FEITO TREPANDO COM ELA, FIQUEI SUPER EXITADO NOVAMENTE, NO QUARTO SOZINHO ME MASTURBEUI DE NOVO.

NA MANHA SEGUINTE ERA SABADO NÃO TINHA QUE IR TRABALHAR ENTAO SUGERI A ELA QUE FOSSEMOS ALMOÇAR FORA, ELA ENTAO DISSE QUE NÃO ESTAVA BEM PREFERIA FICAR EM CASA, ENTAO PERGUNTEI SE ELA IRIA FICAR CHATEADA SE EU FISSE PESCAR, ELA ENTAO FALOU E CLARO QUE NÃO MEU AMOR PODE IR.

ARRUMEI O MEU MAERIAL DE PESCA, PEGUEI NOSSO CARRO E SAI, QUANDO DOBREI A ESQUINA DOU DE CARA COM O CANALHA DO SERGIO NO BAR BEBENDO COM OS AMIGOS, ELE TAMBEM ME VIU E FICOU ME ENCARANDO, VI QUE ELE COMENTOU ALGO COM OS AMIGOS E TODOS COMESSARAM A RIR, ENTAO FIQUEI PENSANDO SERA QUE ESSE FILHO DA PUTA FALOU PARA ELES O QUE TINHA FEITO COM A MINHA MULHER?

DERREPENTE NO CAMINHO DA PRAIA ME DEU UM ESTALO, SERA QUE ESSE FILHO DA PUTA VAI VOLTAR LA EM CASA NOVAMENTE, SABENDO QUE EU ACABARA DE SAIR, FIZ A VOLTA E VOLTEI , PASSEI EM FRENTE AO BAR E NÃO O VI POR LA, MEU CORAÇAO ACELEROU NA HORA? IMAGINEI MIL COISAS, SERA ? ENTAO PAREI O CARRO NA ESQUINA E FUI NO BAR PARA CERTIFICAR QUE REALMENTE ELE NÃO ESTAVA POR LA, POIS PODERIA ESTAR NO BANHEIRO, QUANDO ENTREI OS AMIGOS DELE AINDA ESTAVAM LA BEBENDO, ME OLHARAM DERAM RISADINHAS E FIZERAM COMENTARIOS MAIS NÃO FALARAM NADA, NÃO PEDIO NADA, PENSEI O QUE EU FAÇO? ENTAO PERCEBI QUE UM DELES LOGO PEGOU O TELEFONE, PENSEI SERA QUE ESTA LIGANDO PARA O SERGIO PARA AVISSAR QUE EU TINHA VOLTADO, MAIS E DAÍ , O QUE ELE FARIA, E EU O QUE FARIA AGORA?

ENTAO LOGO QUE O RAPAZ DESLIGOU, O MEU TELEFONE TOCOU, QUANDO OLHEI ERA A MINHA ESPOSA, ATENDI APRESSADAMENTE ENTAO ELA ME PERGUNTOU ONDE EU ESTAVA? SE EU JÁ ESTAVA PESCANDO, ENTAO ENTENDI QUE O CARA LIGARA PARA AVISAR AO SERGIO QUE EU VOLTARA E ELE MANDOU A MINHA ESPOSA ME LIGAR, DISSE QUE TINHA ESQUECIDO A ISCA E QUE SO TINHA VOLTADO PARA COMPRAR NA PEIXARIA MAIS QUE JÁ ESTAVA INDO.

ESCONDI O CARRO E FUI ANDANDO ATE A MINHA CASA, ENTREI PELOS FUNDOS BEM DEVAGAR, ABRI A PORTA E ENTREI, ESTAVA MUITO SILENCIO, QUANDO ME APROXIMEI DO QUARTO A PORTA ESTAVA TRANCADA, ESCUTEI GEMIDOS, FIQUEI LOUCO, ENTAO DEI A VOLTA POR FORA E PELA FRESTA DA VENESIANA DA JANELA NO QUINTAL VI A MINHA MULHER DE QUATRO E O SERGIO METENDO COM MUITA VIOLENCIA NELA, ELE DAVA TAPAS NA SUA BUNDA E ENFIAVA COM FORÇA ELA GEMIA, EU NÃO SABIA SE ELE ESTAVA PENETRANDO NA BUCETA OU NO CU MAIS O QUE IMPORTAVA, E ELA EU TAMBEM NÃO SABIA SE ESTAVA GOSTANDO OU NÃO A EXPRESSAO ERA DE DOR MAIS TAMBEM DE PRAZER, COLOQUEI O PAU PRA FORA DO SHORT E OLHANDO A CENA ME MASTURBEI FEITO LOUCO, GOZEI GOZEI E GOZEI MUITO, ESTAVA FICANDO LOUCO, ONDE AQUILO IRIA PARA? FUI REALMENTE PESCAR AINDA TONTO IMAGINANDO A CENA, E UMAS TRES HORAS DEPOIS MUITO ANSIOSO VOLTEI, ENTREI EM CASA E A MINHA MULHER ESTAVA NA SALA ASSISTINDO TV COM UMA CAMISOLINHA FININHA, SEM NADA POR BAIXO E O VENTILADOS LIGADO APONTADO PARA O MEIO DAS SUAS PERNAS, ENTAO BRINQUEI QUE CALOR HEM ?? ELA SORRIU E ME FALOU NEM FALA HOJE ESTA DEMAIS. FIQUEI EXITADO ENTAO PARTI PARA CIMA DELA E FUI AGARRANDO QUERENDO COME-LA DE QUALQUER FORMA ENTAO ELA ME AFASTOU E DISSE QUE EU ESTAVA COM CHEIRO DE PEIXE, E QUE EU FOSSE TOMAR BANHO.

CORRI PARA O BANHEIRO QUERIA METER DE QUALQUER JEITO ENTAO QUANDO SAI DO BANHO E FUI PARA O QUARTO ELA ESTAVA DE SHORT E CAMISETA, PERGUNTEI ONDE IRIA E ELA ME DISSE QUE IRIA AO MERCADO, TENTTEI AGARRA-LA E ELA ME AFASTOU BRIGANDO COMIGO, ENTAO ENTENDI QUE ELA DEVERIA ESTAR ARDIDA OU DOIDA POR ISSO NÃO QUERIA TRANSAR. (CONTINUA NO CONTO FUI CORNO DO MEU INIMIGO II)